contato@escoladeprojetos.pro.br

Seu estilo de liderança se parece com fazer salsicha?

Educação em Projetos ao alcance de todos

Seu estilo de liderança se parece com fazer salsicha?

Sou um grande fã de salsichas. Seja italiano, bratwurst, chouriço, kielbasa ou andouille, adoro o tempero e aquele estalinho  da casca quando você morder. 

Ok, agora é aquele momento que você me diz tudo o que vai na salsicha: as partes mais indesejáveis ​​do animal, incluindo órgãos, vísceras, cabeça e outras partes nas quais prefiro não pensar. 

Nunca tive oportunidade de ver a preparação de salsichas, e por uma questão de princípio; Não quero porque sei que ficaria enojado e isso arruinaria meu apetite cada vez que comesse um cachorro quente. Eu escolho permanecer feliz e ignorante sobre o processo de fabricação de salsichas.

No que se refere à liderança, tenho visto muitos líderes que são capazes de fazer as coisas, mas o processo em que o fazem é feio. 

O resultado final pode ser positivo, mas como eles chegaram lá foi preenchido com estresse desnecessário, drama, retrabalho e desperdício de energia ao longo do caminho. Ou seja, feio igual deve ser o processo da salsicha. 

Na verdade, eu sabemos de líderes que  prosperam no caos; trabalhando o tempo todo, cochilando em seu escritório, sobrevivendo com café, Cheetos e Coca-Cola. Com uma entrega bem-sucedida, o líder recompensa e é recompensado por seu heroísmo na entrega e pelos sacrifícios pessoais feitos. 

Claro que algumas vezes, há realmente uma necessidade do gerente e do time de um projeto, mesmo que bem planejado e executado, queimar a cachola até meia-noite. 

Não são dessas situações que estou falando; é quando o líder deixa de planejar e executar o trabalho deliberadamente, resultando em desperdício de energia, perda de produtividade e nervosismo. 

Sendo agora bem claro sobre isso:  não é suficiente entregar resultados consistentemente e deixar um rastro de cadáveres pelo caminho; você precisa entregar resultados por meio de planejamento e execução. 

Tudo bem, pode ser que o planejamento precise acontecer simultaneamente com alguma execução, isso não é pecado e faz parte do Gerenciamento de Mudanças. Certamente fiz isso quando tive que trabalhar para cumprir datas restritas de algum projeto meu. 

Quando, ao terminar um projeto faça-se a seguinte pergunta: “Minha equipe me seguiria para a batalha novamente?”

A resposta a essa pergunta é um reflexo direto sobre a capacidade do líder de planejar e executar o trabalho deliberadamente. Você, líder de projetos, pode não saber, mas somos constantemente submetidos a esta avaliação: o time gostaria de fazer outro projeto com você, mesmo que desafiador?

Você é um líder que realiza as tarefas, mas cria atritos desnecessários com sua equipe, gerente ou stakeholders? 

Dê uma olhada nessas quatro dicas para ajudá-lo a ser um líder que executa sem drama e estresse:

  • Planeje o trabalho deliberadamente no formato o quê / quem / quando  – Ao delinear o trabalho a ser executado, seja preciso sobre o que precisa ser feito, quem precisa fazer (sem atribuições para “equipe”) e quando precisa ser feito ( não “o mais rápido possível” ou “TBD”). Se houver um produto de trabalho tangível associado ao quê, certifique-se de ter clareza quanto ao que o produto de trabalho precisa incluir.

  • Capacite onde você puder  – você conhece o termo Capacitação Intencional? Ele descreve quatro etapas claras sobre o que um líder precisa fazer para criar seguidores com poder. Capacitar sua equipe não apenas permite que mais seja feito; também cria uma força de trabalho mais feliz e produtiva.    

  • Estabeleça uma cadência de comunicação clara  – Desenvolva um plano de comunicação para os membros da equipe, seu gerente e as partes interessadas para mantê-los informados sobre o progresso e minimizar interrupções de trabalho devido a confusão ou desalinhamento do trabalho. Seja claro sobre o que é comunicado, sua frequência e o modo (e-mail, reunião, etc.) em que ocorre a comunicação.

  • Esteja disponível e responda aos pedidos de ajuda  – Acontecem coisas que podem afetar o trabalho planejado, as datas de entrega ou a participação de membros da equipe ou partes interessadas. Sejam eles problemas (algo ruim está acontecendo agora e precisa ser resolvido) ou riscos (algo pode acontecer e você deseja evitar que se torne realidade), seu trabalho é estar lá para ajudar a equipe quando eles não puderem resolver algo sobre seus próprios.

Um líder que faz as coisas sem levar em conta o caos que cria ao longo do caminho não será um líder por muito tempo. Seja um líder que planeja e executa deliberadamente e você estabelecerá uma reputação de alguém que as pessoas  desejarão  seguir.

 

Nenhum comentário

Adicione seu comentário

%d blogueiros gostam disto: