contato@escoladeprojetos.pro.br

6 hábitos para se tornar mais bem-sucedido em um mundo em mudança!

Educação em Projetos ao alcance de todos

6 hábitos para se tornar mais bem-sucedido em um mundo em mudança!

Existem associações e certificações inteiras dedicadas à arte da gestão da mudança. Nessa realidade, adicionar algo novo à conversa é um desafio.

Felizmente, os longos meses de 2020 me permitiram olhar para o gerenciamento de mudanças de forma diferente. Há uma prática que você pode usar para aprimorar todas as atividades de gerenciamento de mudança existentes: hábitos!

Aqui estão seis hábitos para encorajar mudanças positivas em seus projetos e além …

1. Pratique responder “O que eu ganho com isso?” para encorajar a mudança.

Imagine o seguinte cenário: Seu departamento está instalando um novo sistema para reembolso de despesas de funcionários. Haverá um treinamento obrigatório para todos os funcionários aprenderem a usar o sistema.

À primeira vista, essa mudança provavelmente parece um aborrecimento. Você gostava do sistema antigo – enviando um recibo por e-mail para o assistente administrativo. Você apenas tinha que clicar em “encaminhar” em um recibo de e-mail de despesas e pronto.

Agora, digamos que você fosse o gerente de projeto responsável por este novo sistema de reembolso de despesas. Você precisa envolver os funcionários no aprendizado de como usar o novo sistema. Você acredita no valor do sistema, mas não consegue fazer com que outros funcionários compareçam às sessões de treinamento. O problema pode estar nas mensagens de má qualidade – como dizer “esta sessão é obrigatória” ou “O CEO está dizendo que todo mundo precisa fazer este treinamento”.

Em vez disso, faça o trabalho mental de perguntar e responder à pergunta: “O que seria isso para mim?” da perspectiva de outro funcionário. Depois de gastar alguns minutos com a pergunta, você provavelmente encontrará benefícios, porque os funcionários receberão reembolsos mais rapidamente. Também pode haver um benefício para os funcionários que desejam ter uma boa aparência como voluntário.

2. Crie o hábito de mudança para recompensar a inovação.

Essa ideia de hábito é diretamente inspirada por um estudo de pesquisa recente do Project Management Institute . Muitas organizações falham em recompensar a inovação; é uma oportunidade perdida. Você pode não conseguir mudar toda a cultura da empresa, mas pode modelar bons hábitos no próprio projeto.

É por isso que se sugere a inovação recompensadora, por menor que seja. Quando os membros da equipe do projeto veem uma recompensa por novas ideias, é mais provável que eles as proponham. Uma recompensa não precisa ser um cheque ou um vale-presente, embora certamente valham a pena. Recompensas adicionais podem ser uma forma de reconhecimento. Por exemplo, enviar um agradecimento em formato de carta/e-mail formal é uma excelente ideia.

3. Programe um tempo para inovação.

2020 foi um momento de reflexão para muitos de nós. Eu mesmo já me peguei dizendo: “Não tenho tempo para isso”. Encontrar tempo adicional – especialmente com menos tempo gasto em atividades sociais e de deslocamento – é um desafio menor hoje.

Agora a questão é: como podemos aproveitar esse tempo adicional da melhor maneira possível? Recomendo reservar algum tempo para inovar em sua programação semanal. Por exemplo, limpe a poeira virtual do banco de dados de lições aprendidas do seu departamento. Procure padrões para mudar o que você vê ali. Você certamente encontrará uma ou duas ideias de inovação.

4. Quando estiver em dúvida sobre gerenciamento de mudanças, concentre-se nas pequenas mudanças.

Às vezes, os esforços de gerenciamento de mudança parecem assustadores porque envolvem muito. Pedir aos funcionários que aprendam um novo sistema de software – especialmente em um ano estressante como 2020 – pode parecer uma ponte longe demais.

Ao mesmo tempo, você não quer desistir! Se ninguém adotar o novo sistema, poucos dos benefícios projetados do projeto serão realizados.

Uma solução é ajustar suas expectativas e se concentrar em fazer pequenas mudanças. Em vez de pedir às pessoas que aprendam como usar 10 módulos de um novo aplicativo, concentre-se em um ou dois que importam. Esse impulso de reduzir as mudanças é duplamente importante quando seu projeto envolve a mudança dos hábitos de trabalho dos funcionários.

5. Defina o exemplo de mudança para sua equipe de projeto.

É fácil exagerar o medo pelo desconhecido. Essa é a preocupação não expressa que tende a se esconder por trás de muitas dificuldades de gerenciamento de mudança. Como gerente de projeto, você provavelmente tem mais informações e percepções sobre a mudança planejada do que muitas outras pessoas. Como resultado, você pode ter esquecido como é não ter conhecimento das mudanças do projeto.

Em vez de persistir em sua exigência de que todos mudem, dê o exemplo. Para voltar ao sistema de gerenciamento de despesas novamente, registre você mesmo uma despesa e, em seguida, relate sua experiência à equipe. Para manter a credibilidade, compartilhe os pontos positivo e os negativos. Depois de compartilhar essa experiência, peça para fazerem o mesmo.

6. Desenvolva ideias para expandir seu papel em um mundo em mudança.

24% dos gerentes de projeto não são incentivados a expandir suas funções para agregar mais valor, de acordo com um relatório de pesquisa recente do PMI . Essa observação significa que um quarto dos profissionais de projeto pode ficar para trás devido a mudanças. Se você perceber essa atitude em si mesmo, é hora de autoavaliar seus pontos fortes e desenvolver ideias para mudar.

No meu caso, estou expandindo minhas capacidades estudando a metodologia Lean Startup, elaborando um projeto interno de mentoria e aprimorando meu inglês, além de conduzir este projeto particular de site, plataforma de estudos e podcast.

Se você não tiver certeza de como expandir sua função na organização atual, existem algumas maneiras de obter inspiração. Primeiro, pergunte-se sobre as habilidades e contribuições de pessoas que você admira – a engenharia reversa do que seus “heróis da empresa” fazem tende a funcionar bem.

Como alternativa, dê uma olhada no próximo emprego ou promoção no qual você está interessado para sua carreira. Por exemplo, você pode querer seguir um papel de diretor de programas. Nesse caso, você precisará desenvolver uma visão estratégica mais ampla. Procure maneiras de desenvolver essa visão mais ampla em seu trabalho atual, oferecendo-se como voluntário para atividades de planejamento anual.

Qual seria um exemplo de hábito positivo que você pode desenvolver para tornar a mudança mais fácil?

Texto adaptado de Bruce Harpham para o PMI.

 

Nenhum comentário

Adicione seu comentário

%d blogueiros gostam disto: